12 dicas infalíveis para causar boa impressão no primeiro dia de trabalho

Vai começar 2016 com um novo emprego? Parabéns! Depois de organizar currículos, estudar para testes e atravessar entrevistas, é hora de mostrar à empresa que ela fez a escolha certa. As primeiras impressões colhidas em seu primeiro dia de trabalho podem ser reveladoras, tanto para seus chefes quanto para a equipe; portanto, pense com cuidado em todos os detalhes de sua estreia. 

Antes de sair de casa
 1. Estude

A regra é preparação. A Ganbatte sempre recomenda que o candidato conheça a empresa, sua cultura e valores, seu momento no mercado, ainda durante o processo seletivo. De qualquer forma, não custa nada revisar o que você sabe sobre seu novo local de trabalho.

No site da companhia, em sites e blogs de notícias, nas redes sociais ou pela boca de outros funcionários, atualize-se a respeito dos serviços prestados, concorrentes, tecnologias em uso, desafios contemplados pela organização. Também invista alguns minutos em detalhes mais pragmáticos: qual o dress code? O ambiente é formal ou informal?

A partir daí, tudo o que você fizer deve se adequar ao perfil da empresa.

2. Vista-se de acordo

Não há um traje específico que sirva para qualquer situação, é necessário mesmo conhecer um pouco do ambiente em que se vai atuar. Contudo, decotes muito profundos, saias curtas demais, acessórios gigantescos ou barulhentos são sempre desaconselháveis (caso você descubra que esses itens estão liberados, use-os no futuro… Em um primeiro dia, com certeza eles não farão falta).

Acima de tudo, preze pela higiene – cabelos penteados, barba aparada, unhas limpas e banho não podem ser dispensados sob qualquer circunstância.

1o dia de trabalho

3. Saia cedo

Bem cedo, mesmo. Imagine que o ônibus vai atrasar, que um acidente terrível pode causar congestionamento e você, ainda assim, vai chegar no horário marcado. No primeiro dia, desculpas não têm vez.

Coloque o despertador (ou vários, se preferir), anote o endereço com atenção, confira o horário do transporte público, se for o caso, e confira no Google Maps ou Waze qual o tempo estimado para cumprir a rota. Esse é o dia de evitar imprevistos!

Na chegada
 4. Apresente-se

Um membro da equipe provavelmente estará encarregado de recebê-lo. Apresente-se e preste atenção enquanto ele apresenta seus novos colegas – lembrar-se dos nomes de todos é um desafio, mas procure memorizar ao menos os dos funcionários que trabalharão lado a lado com você. Uma dica é repetir o nome da pessoa logo após ela se introduzir: “Bom dia, Cláudia, tudo bem?”.

Caso o chefe não esteja disponível na sua chegada, garanta alguns minutos para ir até ele e se apresentar oficialmente mais tarde. Utilize “senhor” ou “senhora” a não ser que seja convidado a usar o primeiro nome.

1o dia de trabalho

5. Seja discreto

Não entre tentando agradar a todos, fazendo piadas ou falando alto demais. Seja respeitoso – afinal, esse é um ambiente de trabalho. Sorria e converse com todos que vierem até você, porém, não se intrometa em diálogos aos quais não foi convidado. Dar palpites a quem não perguntou pode fazer com que você seja considerado presunçoso ou mal educado.

Quando já estiver enturmado, tome cuidado com brincadeiras que possam ser ofensivas para alguém. Nada de piadinhas preconceituosas, rótulos e julgamentos. Também busque não se envolver em fofocas, que costumam ser extremamente prejudiciais à dinâmica do grupo.

Assuntos pessoais devem ser deixados para depois: nada de falar sobre seus problemas familiares, de saúde ou contar a vida toda aos colegas. Mantenha o tom amigável, mas profissional. Além disso, esforce-se para perceber o estilo de cada um – há os que adoram uma boa conversa e aqueles que preferem trabalhar em silêncio. Respeite.

6. Esqueça as comparações

Começar um novo emprego falando mal do anterior vai pegar mal. Críticas ao antigo trabalho ou comparações entre as duas empresas fazem do profissional antiético e infantil.

Também não faça comentários negativos sobre o novo cargo, reclamando do espaço, do salário ou das funções. Caso tenha reclamações, leve-as ao setor de Relacionamentos Humanos, que pode resolvê-las.

7. Controle a ansiedade

Claro, é um grande dia e ficar nervoso é natural. Embora todos compreendam uma pequena dose de ansiedade, porções excessivas vão causar uma impressão negativa – de despreparo, falta de profissionalismo e intimidação. Experimente respirar fundo ou ouvir músicas tranquilas, mas, acima de tudo, lembre-se de que você foi contratado por um motivo. Repita para si mesmo que é bom no que faz, senão, nem teria sido selecionado.

Não conseguiu se controlar? Acontece (acredite, vem de alguém que já quase desmaiou em um primeiro dia de trabalho). Não é o fim do mundo. Tome um copo d’água, respire, sorria e peça desculpas pelo nervosismo. Então, volte sua atenção para a conversa e as instruções que estava recebendo, sem vergonha, e deixe o episódio para trás.

Começando os trabalhos
 8. Demonstre interesse

Esse é o momento para entender como a organização funciona, o que faz cada departamento, quais as tarefas de seus colegas e quem irá ajudá-lo com necessidades pontuais. Esclareça também os objetivos da equipe e o que se espera de você.

Não pareça entediado enquanto recebe instruções. Ouça atentamente e, quando necessário, faça perguntas sem medo – apenas tome cuidado para não dispensar uma avalanche de dúvidas sobre seus colegas em horas inoportunas, interrompendo o trabalho alheio.

Sua postura corporal também pode denunciar falta de interesse, desatenção ou agitação. Sente-se com as costas retas, não esparrame as pernas ao sentar, evite tiques como mexer no cabelo a cada cinco minutos ou torcer as mãos. Respeite o espaço dos outros funcionários – apoiar-se na mesa dos outros ou se inclinar demais ao falar com alguém podem causar desconforto.

9. Vá com calma

Ninguém espera que você transforme a empresa em um dia de trabalho. Desacelere, observe e aprenda antes de interferir. Aprenda como as coisas funcionam, quais os problemas identificados, em quais condições e com quais recursos você irá trabalhar. Pressa demais pode resultar em egos feridos e mesmo erros de percurso que seriam facilmente previstos com alguma pesquisa prévia.

Tire alguns minutos para alinhar expectativas com seus superiores. Enquanto conversa sobre sua job description, aproveite para organizar seu cronograma pessoal, com previsão de prazos para o cumprimento de cada tarefa.

foto-135

10. Não seja puxa-saco

Querer ser próximo do seu chefe não é pecado, embora isso raramente ocorra nas suas primeiras 8h de trabalho. Tenha paciência e não force o relacionamento com elogios excessivos, tomando para si as tarefas dos outros e, no geral, tentando se destacar de qualquer maneira. É ótimo que você esteja motivado, mas hierarquias devem ser respeitadas. Preste atenção para não ultrapassar os limites.

No fim do dia
 11. Saia no horário

Querer mostrar serviço ficando até mais tarde não será visto com bons olhos – pelo contrário, fará com que o funcionário pareça excessivamente competitivo. A não ser que seja requisitado, saia no horário combinado na sua contratação.

12. Aproveite as redes sociais

Ao fim do expediente, você está liberado para procurar seus novos colegas nas redes sociais. Adicioná-los no Facebook, Twitter ou Linkedin é uma ótima maneira de manter contato e demonstrar que quer fazer parte do grupo, além de tornar o relacionamento mais harmonioso na hora do trabalho.

Marcela Lorenzoni é jornalista e professora de inglês. Trabalha na startup de Educação Geekie. Atualmente, mora em São Paulo, onde faz pós-graduação em Educação no Novo Milênio.

Quer se capacitar? Seja um Talento Ganbatte e se desenvolva!

Fontes:

Posted in Blog, Mundo do Trabalho, Processos Seletivos and tagged .