A Redação não é um bicho de sete cabeças, enfrente-a!

Entrevista marcada, você chega, passa por todo o processo seletivo e tem tudo para ficar com a vaga, mas eis que uma folha em branco coloca tudo em xeque. É hora da redação, e é aí que muita gente ver a vaga dos sonhos fica cada vez mais distante.

As empresas estão aderindo cada vez mais a esse tipo seleção durante as entrevistas de emprego, justamente para encontrar profissionais qualificados e que saibam se expressar bem de maneira escrita e dentro das regras gramaticais da nossa língua. Ainda mais nos dias de hoje que vivemos a era digital, onde palavras são abreviadas a todo momento e a escrita sofre tantas alterações.

Normalmente a redação é pedida em forma de dissertação onde o candidato escreve um texto de até 30 linhas sobre algum tema especifico, os principais são: Quem sou eu, Vida profissional e Sobre a empresa.

Diligent student

Mas a verdade é que na hora de escrever – independente do tema-, a prática é o que vai te ajudar a desenvolver bem sua escrita, isso significa que não adianta querer, de um dia para o outro, redigir textos brilhantes. Desculpa, isso não vai acontecer. A primeira solução a ser tomada para desenvolver uma boa redação é criar-se o habito de ler, para adquirir vocabulário e perceber diferentes estilos e maneiras de expressar seus pensamentos. Outras dicas muito importantes são:

  • Use linguagem simples. Nada de se utilizar de palavras sobre as quais você mesmo não conhece o significado.
  • Não use gírias. Deixe para fazer uso desse tipo de expressão apenas entre amigos, gírias não são bem vistas em uma seleção de emprego.
  • Não abrevie. Abreviações também podem ser guardadas para as mensagens instantâneas, né?
  • Seja claro. Procure seguir a ordem direta da narrativa, sem inverter a sequência dos fatos ou das opiniões e não se contradiga.
  • Evite termos em inglês. O foco é testar sua clareza, defesa de ideias e seu português, então nada de americanizar a redação.
  • Revise. Tem gente que acha que revisão é “mal” de jornalista e escritor. Qualquer texto, sobre qualquer assunto, com qualquer propósito que seja, pode causar uma grande confusão se contiver erros, frases incompletas, etc.

Depois dessas dicas, agora é com você: Pratique! A perfeição da escrita está na prática. Escreva e veja o que precisa melhorar, se está sendo claro ou redundante. Assim não irá temer uma folha em branco e sim ficar feliz em poder preenche-la de forma correta, seguindo direto para seu emprego dos sonhos!

Josiany Lima é jornalista e curiosa. Escreve para sites na internet e atua na ONG Teto Brasil. Estuda Marketing e é autora de livros infanto-juvenis.

Quer se capacitar? Seja um Talento Ganbatte e se desenvolva!

Posted in Blog, Processos Seletivos, Provas and tagged , .